This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

TV JORNAL

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Chocolate pode acabar, alertam fabricantes

A procura é maior que a oferta e produtores de cacau não estão dando conta
Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press/Arquivo


Parece que o mundo anda comendo chocolates demais. Ao menos é o que garante as empresas Mars Inc. e Barry Callebaut, as maiores fabricantes do produto. De acordo com o blog Radar Econômico, o déficit de chocolate, situação em que os agricultores produzem menos cacau do que o mundo consome, está se tornando mais frequente. 

As razões para tamanho descontrole no consumo da iguaria são muitas. A primeira é o próprio aumento da demanda, que cresce a cada ano e tende a seguir nesse ritmo. Enquanto no ano passado se consumiu cerca de 70 mil toneladas métricas além do volume produzido, em 2020 esse número pode atingir 2 milhões de toneladas métricas.

O segundo motivo é a oferta do cacau, a matéria-prima do chocolate. Os países da África Ocidental onde se concentra a maior produção da fruta – para se ter ideia, Costa do Marfim e Gana produzem mais de 70% do cacau de todo o mundo – estão sofrendo com o clima seco e, com isso, reduzindo a produção na região. Como se não bastasse a redução, uma praga decorrente de um fungo chamado Moniliophthora roreri afetou a produção de cacau em até 40%.

Por fim, o consumidor final também paga o preço. O insaciável apetite dos chocólatras tem prejudicado bastante no consumo. A maior dor de cabeça vem da China, o país mais populoso do mundo, que não para de comprar o produto. Um outro agravante é a procura por chocolates amargos, que possuem até 60% mais cacau que os chocolates tradicionais. 

Com isso, desde 2012 que o cacau sofre constante aumento e até os chocolates em barra ficaram mais caros. Mas ainda assim, a situação não foi contornada e, até hoje, o desequilíbrio entre oferta e procura aumenta a cada dia. 

Pesquisadores começam a estudar alternativas para suprir a carência dos chocolates. Um grupo de pesquisa agronômica da África Central está desenvolvendo árvores capazes de produzir até sete vezes mais cacau do que as plantas tradicionais. Mas o aumento na eficiência pode prejudicar o sabor, diz Mark Schatzker, da Bloomberg. Há tentativas em andamento para tornar o chocolate barato e abundante – e, nesse processo, o doce acaba ficando tão sem sabor quanto tomates comprados nas lojas de hoje. Ainda não se sabe se o consumidor vai se queixar do sabor mais fraco se isso mantiver os preços baixos. E a indústria não vai se importar com isso, desde que o risco de uma grande escassez seja completamente descartado.

Dicas da Pry

Saúde | Beleza

Foto: Divulgação

A dica de hoje é para os cabelos, trouxe para vocês duas opções de hidratações caseiras. Essas hidratações são maravilhosas, espero que gostem.

Antes de aplicar a máscara de hidratação é importante lavar bem o cabelo com água em temperatura morna para fria. Aplique o shampoo uniformemente sobre os fios. Se tiver o couro cabeludo oleoso, esfregue. Para couro cabeludo seco, o melhor é massagear para estimular a oleosidade nos fios.

Depois de enxaguar, aplique a máscara, massageando sempre do meio para as pontas. Deixe agir entre cinco a dez minutos.

Vamos às dicas!!

Máscara capilar de mel
Ingredientes:
3 colheres de mel + 2 colheres de azeite + ½ abacate amassado.

Como aplicar?
Misture todos os ingredientes em um recipiente e aplique dois dedos abaixo da raiz, mecha a mecha. Massageie todo o cabelo enquanto estiver passando a mistura. Deixe agir por 20 minutos e enxágue, uma hidratação com mel é ótima para os fios, deixa os cabelos sedosos e macios.

Máscara capilar de azeite

Ingredientes:
1 colher de sopa de azeite de oliva + 3 colheres de máscara de hidratação.

Como aplicar?
Misture os dois ingredientes e deixe agir por 30 minutos.

Importante: não passe na raiz, porque quem tem cabelo seco, pode apostar no azeite. Deixa o fio com mais vida e os quebradiços tendem a sumir se você der continuidade com essa hidratação.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Prefeito Daniel Almeida Tem Suas Contas Aprovadas Pelo Tribunal (TCE/PE)



Corte do tribunal aprova 
as contas do prefeito Daniel Almeida.

Por: Tv Jornal Cambucá Informa
19/11/2014 às 08:00hs

À segunda câmara do tribunal de contas do estado de Pernambuco em analises feitas nas contas do exercício 2013, da prefeitura de Vertente do Lério, tendo como gestor o prefeito Daniel Almeida, após uma avaliação minuciosa a corte do tribunal aprovou as mencionadas contas.

Foto: Divulgação

A informação foi publicada hoje no sitio do tribunal www.tce.pe.gov.br em processo com o número 1460090-0, às contas foram aprovadas com ressalvas,  porém aprovadas.

Mesmo diante de uma grande crise, em que todos os municípios estão enfrentando, o prefeito Almeida, com o seu jeito simples de administrar e acima de tudo com responsabilidade diante do dinheiro público.

O processo de prestação de contas do prefeito Daniel Almeida, encontra – se no gabinete do doutor conselheiro Dirceu Rodolfo relator do referido processo.

Para mais informações, clique aqui

Vertente do Lério Receberá a Exposição da Artista Plástica Alexandra Magliano

Vertente do Lério
Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Vertente do Lério e a Secretária de Cultura, promovem a 1° Exposição de telas da Artista plástica Alexandra Magliano.

Segundo Secretário de Cultura Sergio Ramos, esta é a primeira vez que os moradores do município vão poder apreciar uma exposição de artes plásticas, "essa também será a primeira de muitas que virão, pois a cultura tem que ser difundida em todas às vertentes culturais, visando fortalecer o que há de mais rico e, ao mesmo tempo tradicional de todas às matrizes culturais", afirma Ramos.  

A exposição terá sua abertura às 14h00 do dia 24 de novembro e segue durante toda a semana com visitação pública, até o dia 28 do corrente mês. O horário para visitação é das 14h00 às 21h00 no prédio da secretaria municipal de cultura (SEMUC) situada à Rua Olímpia Batista de Santana s/n Centro – Vertente do Lério, em frente ao cartório de Jerônimo.

BOTA FORA MÊS DE NOVEMBRO - Nathália Modas

Moda


Foto: Divulgação

Neste Mês de novembro, a Loja Nathália Modas, está com uma promoção imperdível. Todas as peças a partir de 20% 30% e 50% à vista ou no cartão de crédito.

Em compras a partir de R$ 1.000,00 divide-se em até 6x nos cartões Hiper, Visa e Master.

Lá, você encontra roupas infantil, infanto-juvenil e Adulto, “Trabalhamos com as marcas, Malwee, Enfim, Carinhoso, Brandili, Turma da Malha, Triattori, entre outras”, afirma Mara, responsável pela loja. 





Matrículas de novos alunos na rede estadual de ensino começam nesta quarta

Cotidiano | Educação

Mais de 193 mil vagas serão abertas, incremento de 20 mil em relação ao ano passado

Cronograma do processo foi divulgado nesta terça-feira
Foto: Divulgação
O período de matrículas do ano letivo 2015 para a rede estadual de ensino começa hoje dia 19 e vai até o dia 17 de dezembro. A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco divulgou, nesta terça (18), a abertura de mais de 193 mil vagas, sendo 77.953 na Região Metropolitana do Recife (RMR), e 115.146 no Interior. Em relação ao ano passado, haverá ampliação de 20 mil vagas. As oportunidades oferecidas nas escolas regulares, integrais e semi-integrais são destinadas aos alunos novatos, transferidos de outros estados ou município, procedentes de escolas particulares ou àqueles que estão retornando aos estudos. As aulas começam no dia 4 de fevereiro.
O agendamento da matrícula para alunos novatos deve ser feito através do site da Secretaria. Após o prazo, o registro só poderá ser realizado pela central de atendimento, que funcionará de 20 a 30 de dezembro, através do 0800.286.0086. As informações devem ser preenchidas pelos pais ou responsáveis. Quem tiver acima de 18 anos poderá realizar o processo normalmente.
Para os alunos vindos da rede municipal e os que já são do Estado, a matrícula é automática. No caso dos alunos que desejam mudar de instituição, a apresentação de certidão de nascimento, comprovante de escolaridade, cartão de vacinação (para quem pertence ao Ensino Fundamental) e comprovante de residência é imprescindível.
A estimativa é de que sejam inseridos na rede 650 mil alunos e que o Estado disponibilize para a população estudantil 300 escolas de referência (125 integrais e 175 semi-integrais) por conta do aumento do número de vagas. Das 193.099 vagas ofertadas, 110.978 serão voltadas para estudantes transferidos de outros estados, escolas particulares e a quem está retornando aos estudos. O restante das oportunidades, 82.121, estará reservada para a rede municipal. São 39.007 vagas para o Ensino Fundamental e 71.971 para o Ensino Médio.
Fonte: FP

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Jornal Cambucá Informa. A responsabilidade é do autor da mensagem.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Confira a programação completa

I Festival de Cinema de Caruaru

Programe-se. A entrada no Teatro Difusora é gratuita e os ingressos distribuídos meia hora antes de cada turno de programação.

PROGRAMAÇÃO
TERÇA-FEIRA 18/11/14
19:30 – Abertura
20:00 – Homenagem a Romero Maciel
20:20 – Mostra Reflexões
- Cinema, Onde Você Está? (Edvaldo Santos – PE) 15′ L
- Mané-Gostoso e Aparicida (Glauber Belo – PE) 1’36″ L
- Cabeça Papelão (Quiá Rodrigues – RJ) 20′ L
- O Impreciso Mar Que Nos Move (Dênia Cruz Sckaff – RN) 20′ L
- Atlântida – Eu também Vim de Lá (Fátima Seehagen – DF) 25′ L
QUARTA-FEIRA 19/11/14
8:30 – Mostra Competitiva Estudantil
- Cumade Fulozinha – O Retorno da Lenda (ETE Maria José Vasconcelos)
- Josué (EREM Professor Lisboa)
- Sonho ou Realidade (EREM Professor Lisboa)
- Biovida I (EREM Maria Auxiliadora Liberato)
- Biovida II (EREM Maria Auxiliadora Liberato)
14:00 – Mostra Quimicurta (UFPE)
16:00 – Mostra Pega Leve
- Maria Sulanqueira (Fabiana Lima – PE) 4’39’’ L
- O Canto (Gabryel Rodrigues – PE) 9’ L
- Jogo de Olhar (Marcus Vilar – PB) 15’ L
- Candeeiro Encantado (Jorge Baía – BA) 20’ L
- Calma Monga, Calma! (Petrônio de Lorena – PE) 19’ L
19:30 – Palestra/debate: A Formação do Profissional do Audiovisual com Amilcar Almeida Bezerra e Maria Teresa Lopes (coordenadores do curso de Comunicação Social da UFPE/CAA)
20:00 – Mostra Competitiva Agreste
- A Saudade de Severina (Shivo – PE) 20′ L
- O Quarto dos Fundos (Joel Pereira – PE) 20′ 14
- O Macaco e o Rabo (Marco Buccini – PE) 8’11″ L
- Toque (Carlos Kamara – PE) 11’43″ 14
- Poesia de Feira (Syros – PE) 8’47″ L
- Lúcia (Karla Ferreira / Devyd Santos – PE) 9’35″ 14
QUINTA-FEIRA 20/11/14
8:20 – Mostra Reflexões
- Cinema, Onde Você Está? (Edvaldo Santos – PE) 15′ L
- Mané-Gostoso e Aparicida (Glauber Belo – PE) 1’36″ L
- Cabeça Papelão (Quiá Rodrigues – RJ) 20′ L
- O Impreciso Mar Que Nos Move (Dênia Cruz Sckaff – RN) 20′ L
- Atlântida – Eu também Vim de Lá (Fátima Seehagen – DF) 25′ L
10:00 – Mostra Competitiva Pernambuco
- Sagátio – Histórias de Cinema (Amaro Filho – PE) 20′ 12
- Mamnesi (Wellington Bravo – PE) 18’59″ L
- A Escada (André Arôxa – PE) 3’05″ 12
- Salu e o Cavalo Marinho (Cecilia da Fonte – PE) 13’35″ L
- O Cangaceiro (Marcos Buccini – PE) 5’34″ 12
14:00 – Mostra Competitiva Pernambuco
- Os Silenciados Não Mudam o Mundo (Alexandre Alencar – PE) 19’42″ 12
- Power Charques (Fernanda Xavier/Rafaela Cavalcanti/Sara Régia – PE) 1’20″ 16
- Carne (Carlos Nigro – PE) 20′ 16
- Capela (Ramon Batista – PB) 12′ L
- Ilha (Ismael Moura – PB) 15′ 12
16:00 – Debate com realizadores da Mostra Pernambuco. Mediador: Edu Fernandes.
18:10 – Sessão Especial
- A História da Eternidade (Camilo Cavalcante – PE) 120’ 16
20:10 – Homenagem a Sebastião Alves (Sebá)
20:20 – Cerimônia de Premiação e Encerramento
21:00 – Sessão Especial
- Incenso (Marco Hanois – PE) 20’ L
- Em Trânsito (Marcelo Pedroso – PE) 18’ L

Lei Maria da Penha

Por Dra. Zélia Bezerra
Direito Penal
Lei 11.340/2006 

Foto: Divulgação

  A Lei n. 11.340, sancionada em 7 de agosto de 2006, Lei Maria da Penha, estabelece que todo o caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime e deve ser apurado através de Inquérito Policial e ser remetido ao Ministério Público. Esses crimes são julgados nos Juizados Especializados de Violência Doméstica contra a Mulher, criados a partir dessa legislação, ou, nas cidades em que ainda não existem, nas Varas Criminais. 

A lei também tipifica as situações de violência doméstica, proíbe a aplicação de penas pecuniárias aos agressores, a pena é de 03 (três) meses a 03 (três) anos de prisão e determina o encaminhamento das mulheres em situação de violência, assim como de seus dependentes, a programas e serviços de proteção e de assistência social. 

A violência doméstica e familiar contra a mulher é um fenômeno que apresenta distintas expressões como: Qualquer ação ou omissão baseada no gênero que cause à mulher morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial no âmbito da unidade doméstica, no âmbito da família ou em qualquer relação íntima de afeto, na qual o agressor conviva ou tenha convivido com a ofendida, independentemente de coabitação. 

A violência doméstica traduz-se hoje em um grave problema que atinge imoderadamente, as mulheres no mundo todo, podendo ainda se estender a crianças, adolescentes e idosos, visto que esta ocorre dentro do ambiente família. É uma das formas de violência mais cruéis, isto porque esta se desenvolve dentro do lar, ambiente de construção de afeto e acolhimento mútuo, que, no entanto, ante as ações imoderadas de alguns indivíduos transforma-se em um cenário de medos, incertezas, impunidade, angústias e pressão psicológica. 

Neste contexto é que veio a lume a Lei Maria da Penha objetivando sanar esse quadro de violência latente que invadiu os lares brasileiros, acarretando um impacto sem precedentes na estrutura familiar e representando uma gravíssima ameaça aos direitos humanos das mulheres. Com a edição da Lei, as mulheres passaram a contar com uma norma que garantiu proteção, não apenas de caráter repressivo, mas, sobretudo, preventivo e assistencial, uma vez que criou mecanismos aptos para coibir essa modalidade de agressão. Muitas mudanças no processo penal brasileiro foram acontecendo, dando mais segurança à mulher agredida, e uma maior punição ao agressor. 

A falta de denúncia por parte da mulher contra o homem é o fator que mais gera a impunidade aos autores das agressões. Na grande maioria dos casos, as vítimas preferem ficar caladas a buscar uma punição pelo fato ocorrido. As motivações para essa falta de denúncia são diversas, sendo que a que mais prevalece é o medo do agressor, ou seja, o pavor que a vítima tem de sofrer consequências piores caso leve o caso à Justiça faz com que ela continue no silêncio, fingindo que nada aconteceu. 

Entretanto, mesmo acreditando que esta seja a melhor solução, a mulher não percebe que deixar de procurar ajuda estatal gera consequências muito piores, tanto para ela quanto para o restante da família. Ela continuará condenada a ser submissa ao poder dominador do marido, colocada sempre num patamar de inferioridade, além de se tornar uma vítima sem fim da violência doméstica.


COLUNA SOCIAL

webpagina7

CURTA E FIQUE ATUALIZADO